<!-- --><style type="text/css">@import url(//www.blogger.com/static/v1/v-css/navbar/3334278262-classic.css); div.b-mobile {display:none;} </style> </head><body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d31012094\x26blogName\x3d\x27\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://viravento.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttps://viravento.blogspot.com/\x26vt\x3d-7147497518184499159', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Short Stories.

31.3.07


.

posted by SCS
março 31, 2007

0 bilhetinhos

Quiosque.

.
.
O Jornal..!?
.
Aqui.

posted by SCS
março 31, 2007

0 bilhetinhos

No Sofá com o Costume.

30.3.07


.

El que quiere interesar a los demás tiene que provocarlos.

posted by SCS
março 30, 2007

0 bilhetinhos

Today WE Dance, Sam!

29.3.07


posted by SCS
março 29, 2007

0 bilhetinhos

Zig. Zag.

28.3.07


.
And what a Yes, Girl.. What a Yes..!

posted by SCS
março 28, 2007

0 bilhetinhos

A Vénia.

27.3.07


.
.
É irrepetível e absolutamente efémero:
isso é que é fantástico,
Não fica nada,
só a memória do público,
que entretanto vai morrendo...

posted by SCS
março 27, 2007

0 bilhetinhos

Hey, Sam..

26.3.07


posted by SCS
março 26, 2007

0 bilhetinhos

Took a Walk on the Wild Side.

.

posted by SCS
março 26, 2007

0 bilhetinhos

Viagens à Gulliver.

25.3.07


.

posted by SCS
março 25, 2007

0 bilhetinhos

Vinte e Oito, Prazeres.

.

posted by SCS
março 25, 2007

0 bilhetinhos

Vou Ali e Já Venho.

23.3.07


.
Primeiro Passo: Banho de Capital.

posted by SCS
março 23, 2007

2 bilhetinhos

Flower Power.

22.3.07


.

posted by SCS
março 22, 2007

0 bilhetinhos

Era do Vapor.

21.3.07


.
Se todos os ciclos constroem um todo mutável,
este é o tempo
- que não dispenso -
para me trocar.

Largo desperdício o dos seres aflitos.
A ansiedade é afinal pata estanque castradora,
mediadora de redutores conflitos.
.
Prossigo.
Venha o tempo do Ano que inaugura o Canto.
Venha a linha do Equador posta ao contrário.
Venha outra roupa para o armário.

Venham olhos semi cerrados,
com tanta luz dilatados.

Venham os refrescos de café,
os passeios a pé.

Venha o burburinho da Possibilidade.
O eco da Casualidade.

Venha o mínimo indispensável à sustentabilidade.
Venha até a Saudade!

Venha o Equinócio,
Venha sem equacionar.


posted by SCS
março 21, 2007

0 bilhetinhos

la pausa.

20.3.07


.
Esse jeito que dás ao corpo.
Gosto.

posted by SCS
março 20, 2007

0 bilhetinhos

Zig. Zag.

19.3.07


.
I take that as.. Oh Yeh!

posted by SCS
março 19, 2007

0 bilhetinhos

Quiosque.

18.3.07


.
Li hoje o Jornal.
Aqui.

posted by SCS
março 18, 2007

0 bilhetinhos

All Over Again, Sam.

posted by SCS
março 18, 2007

0 bilhetinhos

Ladrões de Tranquilidade.

17.3.07


Pontualmente às 17h02,
decides aceitar que o único amplo estreito para libertar qualquer culpa que faça pesar o corpo
é a auto resolução da evolução.
Revolução.
Renovação.

Precisamente à mesma hora, no lado oposto da Cidade pela diagonal, levanta em vôo um avião com destino à escala Lisboeta para Maputo.
A mulher que nele segue leva consigo uma única certeza:
a de saber o que não quer.

A mulher que está a Sul senta-se no chão,
ponto de cruz,
só para poder assimilar todos os pontos de luz.

Rodo a cabeça a oeste e vejo as costas de uma mulher
desmoronarem num zumbido entorpecedor de língua.

17h02.
Exaltação ao mínimo.
Com a precisão da linha de montagem de um Relógio.

Se estivesse envolvida numa super produção cinematográfica era assim que começava uma história.
Não estou.

Tenho uma tendência inconsequente para os vícios dos círculos.
Algumas histórias acabam na mulher que me transformei ontem,
no beco da divida à Humanidade a que só ela me firma.
.
.

.
Às 17h02 um Vento de Norte levanta-me o cabelo na rua.
O reflexo do sol amolece.
Pelo ar flores de cerejeira,
roupa a dançar,
árvores a uivar.

Percebo claramente que os erros são insubstituíveis.
No tempo do erro, não ficará outro vínculo na história.
Apenas o que te vincula na auto resolução da evolução.
Revolução.
Renovação.

Vemo-nos na Apúlia, Marilyn.

posted by SCS
março 17, 2007

0 bilhetinhos

Cenário: Voz Alta.

16.3.07


.
.
"desenho palavras crepusculares que não acredito tenha ouvido alguma vez. a minha agenda, prima afastada e snob de moleskynes, não guarda rabiscos, antes filtra estúpida e friamente as emoções em caracteres normalizados. de tal modo que ao olhar para estas palavras assim alinhadas me parece torpe o fingimento do lcd. pensei em tempos que apenas a escrita nos poderia salvar do silêncio. escrever e ler. precisamente nesta ordem, porque se nos atrevermos ao contrário caimos na mão dos escritores que nos couberam quantas vezes pelo acaso. ainda agora, quando seguia baudelaire e mallarmé me achei prisioneiro de corbière. e é o maldito que dita quase tudo o que vem depois. pelas páginas fora e até pelos sonhos. esta noite sonhei que estava travestido como tristan corbière numa fotografia que vi não sei onde. e se não lermos? e se formos, agora e sempre, uma furiosa máquina de escrever, diabólica e obsessiva, que tão somente debita caracteres à procura da combinação mágica que nos devolve a paz dos primeiros passos depois da fronteira?".
.

posted by SCS
março 16, 2007

0 bilhetinhos

High Five.

15.3.07


.

posted by SCS
março 15, 2007

0 bilhetinhos

Amélio-me.

.
A meia palavra que basta.


posted by SCS
março 15, 2007

0 bilhetinhos

Controlador Aéreo.

13.3.07


.
Nunca o ditado,
'Quem não vê é como quem não sente!'
se perfez de avolumado sentido.
Até hoje.

posted by SCS
março 13, 2007

4 bilhetinhos

Take Away.

12.3.07


.

Estou uma fácil..
Fácil.. Fácil... Fácil!!
Cedo a provocações.
Mas jamais a provocações fáceis...

posted by SCS
março 12, 2007

0 bilhetinhos

Segredo, Sam.

11.3.07


posted by SCS
março 11, 2007

1 bilhetinhos

Coisas da Cidade.

.
Comércio de Rua?
Substituído.

posted by SCS
março 11, 2007

0 bilhetinhos

Quiosque.

10.3.07


.
Precisamente.. Aqui!

posted by SCS
março 10, 2007

0 bilhetinhos

Zig. Zag.

9.3.07


.
I take that as.. a Yes!

posted by SCS
março 09, 2007

0 bilhetinhos

Fruta da Época.

8.3.07


.

posted by SCS
março 08, 2007

0 bilhetinhos

Sold.

7.3.07


.

posted by SCS
março 07, 2007

0 bilhetinhos

Dama das Camélias.

6.3.07


.
Oito ou Oitenta?

posted by SCS
março 06, 2007

0 bilhetinhos

High Five.

5.3.07


.

posted by SCS
março 05, 2007

0 bilhetinhos

To Play or Not To Play..?!

4.3.07


posted by SCS
março 04, 2007

0 bilhetinhos

Again, Sam.

.
Pensa o mundo,
como se não tivesse fundo.

Procura-te no teu país.
Eleva o nariz
e lava-te num ‘isso?! já fiz.

Propõe-te um rescaldo,
sentado no primeiro planalto.

Espalha todas as provas
e fecha as tuas tocas.

É o
jogo das advinhas
a alvitrar outras linhas.

Procura novo enredo,
desse mesmo, que me medo.

Rodopia uma volta
no epicentro de uma Grafonola .

Nem o Estreito de Ormuz,
sucumbe a um só fio de luz.

Cria a condição.
Atira como equação.

Vício. Virtude. Vaidade.
Permite a possibilidade.
Faz dessa a tua vontade.

Ponto de sustentação?
A palma da tua mão.

E na porta da casa da montanha,
a desafiar transeuntes iras:
Aberto todos os dias.

posted by SCS
março 04, 2007

0 bilhetinhos

Quiosque.

3.3.07


.
Hoje li o Jornal aqui.

posted by SCS
março 03, 2007

0 bilhetinhos

Brainstorming.

2.3.07



posted by SCS
março 02, 2007

0 bilhetinhos

Rosa Escura.

1.3.07


.
Girls!?
.
They wanna have fun..!

posted by SCS
março 01, 2007

0 bilhetinhos