<!-- --><style type="text/css">@import url(//www.blogger.com/static/v1/v-css/navbar/3334278262-classic.css); div.b-mobile {display:none;} </style> </head><body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d31012094\x26blogName\x3d\x27\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://viravento.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttps://viravento.blogspot.com/\x26vt\x3d-7147497518184499159', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Fshhhh Pum!

31.8.08


.

Os nossos segredinhos e as nossas conversinhas,
mais as cantigas sempre tão coloridas.

Os teus sustinhos,
ou os beicinhos,
só com uma lenga lenga sumidos.

Tens quarenta e sete sorrisos diferentes.
E em todos eles vejo os teus dois dentes.

Gostas do que é pequenino, curioso e atrevido.
Procuras a cara quando me queres dar um mimo.

Guarda as pedrinhas todas do caminho.
E um dia,
bem ao jeito de Fada Madrinha,
construo-te um Castelo com jasmim e azevinho.

És a primeira pessoa a quem prometo
para sempre.
Meu amor, é de quem não mente.


posted by SCS
agosto 31, 2008

2 bilhetinhos

Caixa de Entrada (1).

30.8.08


..
Final da tarde.

Pinto as unhas.
Entra um pardal no Sótão.

Passeia-se por todo o lado, como que saltita de telhado em telhado a conhecer o mundo.
Quando abeira o parapeito da janela onde guardo pedras trazidas dos lugares do mundo onde estive, pousa.
A ver.
Falo-lhe.
Assobio-lhe.
Pia.
Aproximo-me.
Apoio-me no lado oposto.
Ficamos os dois ali, à janela.

Atingi acordo de paz com o que me rodeia.

Saiu, mais tarde e quando lhe apeteceu, pela janela do Vira Vento.
Em voo determinado.


posted by SCS
agosto 30, 2008

5 bilhetinhos

Et maintenant..

29.8.08


.
.. à la nuit tout les chats sont gris.

posted by SCS
agosto 29, 2008

2 bilhetinhos

Eu e a Mania das Grandezas!

28.8.08


.

posted by SCS
agosto 28, 2008

4 bilhetinhos

Laurinha.

27.8.08


.

posted by SCS
agosto 27, 2008

12 bilhetinhos

Privilégio - Vira Vento -

.Prémio Dardos.
Um mimo da Matilde e do Martim.
Aqui, Plim!

posted by SCS
agosto 27, 2008

2 bilhetinhos

Undergoing.

26.8.08


.
(níveis do pensamento)

posted by SCS
agosto 26, 2008

4 bilhetinhos

Lâmpada de Bolso.

25.8.08


.No início era o Mito.

posted by SCS
agosto 25, 2008

4 bilhetinhos

Zaratustra-te.

24.8.08


É em ti mesmo que se coloca o enigma da existência:
ninguém o pode resolver senão tu.



posted by SCS
agosto 24, 2008

10 bilhetinhos

Quiosque.

23.8.08


Hoje li o Jornal... ali.

posted by SCS
agosto 23, 2008

2 bilhetinhos

Brainstorming.

22.8.08


.
.
.

posted by SCS
agosto 22, 2008

0 bilhetinhos

mala postal a maria callas, amante.

21.8.08


.
Paris parece-me pele primorosa a trajar.
.
.
Conheço-te a arritmia no peito,
a feição sem freio,
o rasgo a eito.
.
Existe qualquer coisa no teu ar altivo-brioso que percebo.
Descubro a indolência,
lamurio supremo soprano que leva o corpo ao limite do arco.
E tenho dias em que personifico o conceito budista da impermanência.
A ausência. Ou a impertinência.
.
Tens o amor como uma atitude.
Paradigma sem condição ou variável.
Arquétipo disforme, sem espaço a conforme.
A ética, a estirpe, o valor.
Como preceito, proémio, o teor.
.
Que nos apontem os dedos que forem capazes de edificar.
Volúveis, emproadas, pesadas.
Estamos longe do facilitismo.
Entedia-nos o imediatismo.
.
Ah, que nos matem com fome.
Que nos queimem a suor.
Que revirem o nosso corpo tantas vezes quantas precisarem de nos acreditar.
Que nos embebam, que nos inundem.
Que flutuem!
Não, não se contenham.
Bajulem, proclamem, exibam.
.
Porque mesmo assim, em qualquer fim, continuamos hereges a cirandar Paris.
Porque te conheço a vida de atriz.
O para sempre é sempre por um triz.
.

posted by SCS
agosto 21, 2008

2 bilhetinhos

Godot.

20.8.08


.Enquanto espero...

posted by SCS
agosto 20, 2008

0 bilhetinhos

To Play. Or Not To Play.

19.8.08


posted by SCS
agosto 19, 2008

6 bilhetinhos

.

meu sonho tem boca
que o digam meus ossos
tem dois olhos sobre a nuca
e reza todos os dias
que em todas as horas
houve um tempo sem mentira

posted by SCS
agosto 19, 2008

0 bilhetinhos

Dama das Camélias.

18.8.08


.
Verdade ou Consequência?

posted by SCS
agosto 18, 2008

4 bilhetinhos

Domingo, de Silêncios.

17.8.08


.
O seu menor gesto valia um tratado.

posted by SCS
agosto 17, 2008

2 bilhetinhos

Voz Off.

9.8.08


.
A elaborar constructo teórico sobre A Aprendizagem em Portugal.
.

posted by SCS
agosto 09, 2008

4 bilhetinhos

mala postal a hu jintao, controlador meteorológico.

8.8.08


.Para grandes segredos, grandes muralhas.
.

posted by SCS
agosto 08, 2008

6 bilhetinhos

Quiosque.

7.8.08


.
Hoje li o Jornal ali.

posted by SCS
agosto 07, 2008

6 bilhetinhos

Me quitte, pá.

6.8.08


.
Máscaras.
(Re)invenções.
Metamorfoses.

posted by SCS
agosto 06, 2008

4 bilhetinhos

Massagem Tailandesa.

5.8.08


.

A língua tailandesa é a língua oficial da Tailândia.
O nome tailandês para a língua é ภาษาไทย
-
phasa thai, que significa "a língua da liberdade".

posted by SCS
agosto 05, 2008

5 bilhetinhos

Girls!?

4.8.08


.Just wanna have fun!

posted by SCS
agosto 04, 2008

0 bilhetinhos

Undergoing.

3.8.08


.
(A maior recompensa do nosso trabalho não é o que nos pagam por ele,
mas aquilo em que ele nos transforma)

posted by SCS
agosto 03, 2008

4 bilhetinhos

Digg this.

2.8.08


.

posted by SCS
agosto 02, 2008

2 bilhetinhos

Flower Power.

1.8.08


.

posted by SCS
agosto 01, 2008

0 bilhetinhos