<!-- --><style type="text/css">@import url(https://www.blogger.com/static/v1/v-css/navbar/3334278262-classic.css); div.b-mobile {display:none;} </style> </head><body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d31012094\x26blogName\x3d\x27\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://viravento.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://viravento.blogspot.com/\x26vt\x3d-3594933548471650242', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Serviço Público.

sexta-feira


.
Considerada uma fonte de energia limpa e inesgotável, as ondas podem ser uma das energias do futuro em território português.
No entanto, apesar de ao largo da costa ocidental do continente português existirem cerca de 250 a 350 km de extensão que podem ser aproveitados para fins de extracção de energia das ondas, e de Portugal ter sido um dos países pioneiros na investigação e desenvolvimento dos dispositivos de conversão de energia das ondas, visto que desde 1977 um grupo do Instituto Superior Técnico se dedica a este tópico, os projectos têm tido alguma dificuldade em sair do papel.

Enersis, Tecdragon, EDP e Eneólica são algumas das empresas que estão a avançar com investimentos experimentais para aproveitamento da energia das ondas.
A Martifer já criou uma joint-venture com a empresa escocesa Briggs, e a Generg está ainda numa fase de estudos e projectos.

A EDP, por exemplo, pretende concluir durante o primeiro semestre deste ano as negociações com dois tecnólogos para projectos de demonstração em Portugal.
Este é o resultado da avaliação de mais de 50 tecnologias em aplicações offshore, segmento em que a EDP acredita existir maior potencial.
O Breakwave, outro projecto da EDP perto da costa, é financiado em dois milhões de euros por fundos comunitários, e tem subjacente a aplicação da tecnologia de coluna de água oscilante em estruturas de protecção costeira.
A localização do protótipo está em fase final de selecção.

Mais adiantada está a Tecdragon que quer instalar por agora, na zona-piloto de São Pedro de Moel, um primeiro módulo de 7 MW com a tecnologia da Wave Dragon.
O objectivo é alargar a potência até aos 49 MW, a partir de 2009, num investimento que pode rondar os 150 milhões de euros.
Até à data não foi possível instalar a tecnologia no mar pelas «condições meteorológicas adversas», adianta Borges da Cunha, administrador da Tecdragon.

Na mesma situação está o projecto da Enersis, previsto para o largo de Póvoa do Varzim, cuja potência a instalar nesta fase é de 2,5 MW, ou seja, três máquinas da tecnologia Pelamis, de 750 kW cada, num investimento de 9 milhões de euros.
Até 2009 deverão entrar em funcionamento mais 2 máquinas, da mesma potência, que exigem um investimento adicional de 5 milhões de euros.
No mesmo ano a Enersis e a sua parceira tecnológica escocesa, Ocean Power Delivery, preparam os testes no mar para alcançar os 20 MW, o que poderá equivaler à instalação de mais 28 máquinas de 750 kW cada, ou de 20, cada uma com 1 MW.

Estes são alguns dos projectos que poderão ajudar a aproveitar o potencial português.
Num período de 20 a 30 anos, acredita António Sarmento, director do Centro de Energia das Ondas, poderão ser atingidos os 5000 MW na costa ocidental portuguesa, ao qual devem ser adicionados os potenciais da Madeira e dos Açores, que implicariam um investimento superior a 5000 milhões de euros.
.
.
posted by Ambiente Online

posted by SCS
20.6.08

2 Comments:

Blogger Paula Cruz said...

Amanhã, um ano em cima do vinte e um.
Obrigada!
Um beijo grande,
Paula

sexta-feira, junho 20, 2008  
Blogger SCS said...

Tão bom ter esta cara cá :)

Muitos Parabéns a todos, por tão destemidas intervenções!

Toda sorrisos :)
Vira *

sábado, junho 21, 2008  

Enviar um comentário

<< Home